O 12º Festival de Cinema Latino Americano de São Paulo 2017 começa amanhã (26/07) e se estende até o dia 02/08. Na programação principal, Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Costa Rica, México, Peru, Uruguai e Venezuela serão representados por 26 filmes recentes de jovens diretores, 20 deles inéditos no Brasil. O Festival separa, dentro da seção chamada Foco Chile, quatro produções dos anos 2016/2017 desta cinegrafia que tem se destacado recentemente.

Presente em uma seção de debates programada para sábado, o cineasta Beto Brant é o homenageado maior do festival. Um dos grandes nomes do cinema brasileiro desde os anos 1990, Brant estreará no evento seus dois novos filmes, “Zócalo” e “Ilú Obá de Min – Homenagem a Elza Soares, a Pérola Negra”. Além dessas produções, toda a sua filmografia será exibida na mostra.

O FCLASP apresenta, ainda, filmes infantis na seção “Latininhos”, documentários na “Mostra DOCTV Latinoamérica” e produções de estudantes na “Mostra Escola de Cinema CIBA-CILECT”, das entidades da região filiadas ao Centre International de Liaison des Écoles de Cinéma et Télévision.

A cerimônia de abertura acontecerá na Praça Cívica do Memorial da América Latina, às 20h30, juntamente com a exibição ao ar livre do longa-metragem “Corpo Elétrico”, do diretor brasileiro Marcelo Caetano.

Conheça a programação completa de filmes e debates no site do festival: http://www.festlatinosp.com.br/2017/