Um Novo Começo (Happy Christmas, 2014)

Avaliação:
7/10
7
Happy Christmas

Informações

Crítica

Um Novo Começo (Happy Christmas, 2014) 82 min. Dir/Rot: Joe Swanberg. Com Anna Kendrick, Melanie Lynskey, Mark Webber, Lena Dunham, Joe Swanberg, Jude Swanberg, Chris Swanson, Megan Mercier, Kris Swanberg. 

Filme de baixo orçamento do diretor e roteirista Joe Swanberg, especialista neste nível de produção. Neste drama, Anna Kendrick interpreta Jenny, uma mulher de 27 anos, imatura e irresponsável, que frequentemente apaga de tanto beber e se drogar. Quando resolve morar com seu irmão mais velho, Jeff (o próprio diretor Joe Swanberg), esse problema afeta diretamente a família deste, formada por sua esposa (Melanie Lynskey) e seu filho de 2 anos Jude (vivido pelo filho do diretor). Já na primeira noite, Jenny sai para uma festa com uma amiga, fica doidona e seu irmão precisa ir buscá-la. Mas, por outro lado, Jenny possui muita sensibilidade e consegue desenvolver um relacionamento amigável com sua cunhada, ajudando-a.

Joe Swanberg dirige praticamente com planos únicos, sem intenção de esconder que o filme é low budget. Nos diálogos, a câmera se move de um personagem ao outro, o que torna as interpretações mais espontâneas. As falas, aliás, não foram literalmente escritas. Os atores improvisaram em cima dos direcionamentos que existiam no roteiro. Tanto que, no final dos créditos, há uma cena totalmente improvisada sobre o livro que a esposa de Jeff está escrevendo.

Felizmente, “Um Novo Começo” conta com Anna Kendrick, talentosa jovem atriz que consegue carregar o filme nas costas, apoiada pelo elenco secundário, formado por atores não tão conhecidos. Kendrick mostra a fragilidade da personagem, perdida entre ser responsável ou ficar com caras que pouco conhece e se entorpecer com álcool e drogas. Não há soluções fáceis na estória, nem temas engrandecedores, por isso o título brasileiro não é nada adequado. O original, “Happy Christmas”, pontua o período em que ocorre a trama.

O clima descontraído resulta também do relacionamento entre os envolvidos. Anna Kendrick já trabalhou antes com Joe Swanberg, em “Um Brinde à Amizade” (2013), e com Mark Webber em “Scott Pilgrim Contra o Mundo” (2010). Além do filho, o diretor também escalou sua esposa, Kris Swanberg, como a inquilina do imóvel que Jenny visita. Há ótimos momentos, deve-se acrescentar, surgidos espontaneamente de coisa engraçadas que o filho do diretor fala e faz. Esse bebê é uma figura.

Google+

 

Conheça também:

x
%d blogueiros gostam disto:
Pular para a barra de ferramentas