Curso:

O cinema de Quentin Tarantino

 


com Marcelo Lyra
de 22 a 25 de agosto

Em quatro aulas, de 22 a 25 de agosto, de terça à sexta, na sala de cursos do Espaço Itaú de Cinema | Augusta-Anexo, o professor Marcelo Lyra, fará um panorama completo da arte e do estilo do diretor Quentin Tarantino que revolucionou o cinema moderno, abrangendo suas influências e incontáveis referências. A proposta é estudar as principais cenas de seus filmes a partir da técnica narrativa e do domínio de cena. Discute-se também os estilos de roteiro e a técnica de misturar, numa mesma cena, suspense e humor ao ponto de confundir os gêneros.

Programa

Primeira aula| 22/08, terça-feira
A estréia com Cães de Aluguel; Estudo de construção de cenas de Pulp Fiction, a arte de flertar com a comédia sem deixar de ser um filme de forte suspense. A revolução da estrutura narrativa descolando diálogos das imagens, bem como as influências da cultura POP, dos quadrinhos, dos filmes B, do cinema asiático e um longo etc.
 
Segunda aula| 23/08, quarta-feira 
Jackie Brown, única adaptação literária e o início de uma série de filmes femininos; Kill Bill 1 e Kill Bill 2, dois filmes bem diferentes que completam uma história. O primeiro mais influenciado pelos filmes de artes marciais e o segundo mais próximo aos faroestes.
 
Terceira aula| 24/08, quinta-feira 
A Prova de Morte, única vez em que Tarantino é também diretor de fotografia, num filme que homenageia os dublês e os filmes de perseguição de carros; e Bastardos Inglórios, o desenvolvimento das técnicas de suspense à maneira de Hitchcock.
 
Quarta aula| 25/08, sexta-feira 
Django Livre, um olhar sobre a presença do negro na América do século XIX, e um estudo das influências musicais e dos western spaguetti. Os Oito Odiados, nova imersão no western, desta vez mudando bastante seu estilo, apostando mais nas técnicas de filmes de mistério.

Professor Marcelo Lyra

Marcelo Lyra é professor, crítico de cinema e literatura. Formado em jornalismo pela PUC-SP em 1989, cursou as disciplinas de montagem, crítica de cinema e de história da crítica, ambos na Escola de Comunicação e Artes da USP.
Iniciou a carreira de crítico no Caderno 2 do Jornal O Estado de S. Paulo, em 1999, quando tornou-se repórter de cinema e eventualmente assinando também a coluna de Filmes na TV nas férias e viagens do titular Luiz Carlos Merten. Foi crítico de cinema do Jornal da Tarde e colaborador das seguintes publicações, sempre na área de cinema: Revista de Cinema, Revista Ver Vídeo, Jornal do Brasil, Revista do Memorial da América Latina, revista Bizz e outros. Cursou, como convidado, as cadeiras de Roteiro, Edição e Crítica de Cinema na graduação da Escola de Comunicação e Artes (ECA), da USP.
É autor do livro “Cinema Como Razão de Viver”, publicado em 2003. Dá cursos de história do cinema, realiza regularmente curadorias de mostras de cinema, participou de inúmeras comissões de seleção de filmes para festivais e de júris de festivais como o de Brasília, do Ceará, Goiás, Porto Alegre, Santa Catarina, curtas de São Paulo e outros. Em 1993 foi vencedor do prêmio Abic de melhor reportagem.

Informações

Período
De 22 a 25/08/17
De terça à sexta feira, das 19h30 às 22h30
6 encontros
 
Formas de pagamento
Até 18/08 à vista R$ 280,00 ou 2 cheques de R$ 150,00
A partir 19/08 à vista R$ 320,00 ou 2 cheques de R$ 170,00
Aula avulsa – R$100,00
Local
Espaço Itaú de Cinema – Anexo Rua Augusta, 1470 – Cerqueira César – São Paulo
 
Vagas
12 pessoas (mínimo de 12 para a realização do curso)
 
Inscrições
(11) 3266-5115, escola@cinespaco.com.br
Rua Antônio Carlos, 288 – 1º andar
Ou no site: https://www.escolanocinema.com.br/o-cinema-de-quentin-tarantino